Etiqueta Código de Barras

O que são as etiquetas código de barras?

Conhecendo o código mais popular

Etiqueta código de barras (em inglês: barcode) é uma etiqueta adesiva que tem impresso em sua superfície uma representação gráfica de barras e espaços que representam numéricos ou alfanuméricos. A leitura dos dados é realizada pelo leitor de código de barras, que emite um raio vermelho percorrendo todas as barras. Os dados capturados nessa leitura são convertidos em letras ou números. A utilização é comum em diversas áreas, como a indústria, o comércio e serviços.

A mais utilizada é popularmente conhecida como etiqueta de produtos e elas estão presentes em todos os itens dos supermercados e comércios em geral.

Estas etiquetas códigos de barras possuem as informações do fabricante do produto no qual ela está colada ou impressa e geralmente são adicionadas na sua origem.

Outra etiqueta semelhante é chamada de “etiqueta de caixa”, que geralmente refere-se à etiqueta logística, com informações necessárias para o produto chegar até o mercado.

Contém informações 

Normalmente as etiquetas código de barras para produtos são pequenas e trazem apenas poucos elementos que são na maioria dos casos somente o código de barras e a numeração correspondente. Tem empresas que adicionam também o nome do produto ou fabricante. Algumas empresas preferem colocar várias outras informações como o preço, data de validade, e outros dados. No caso de produtos alimentícios podem ainda trazer informações como lote da fabricação, peso e até incluir também a tabela nutricional.

eiquetas codigo de barras

Confecção das etiquetas Código de Barras

Produção nível profissional

No mercado existem dúvidas com relação ao funcionamento e aos materiais necessários para a produção de uma boa etiqueta para código de barras. Neste contexto, é importante destacar que escolher qual material,o layout e o tipo de código da etiqueta são os aspectos com o qual o cliente deve se preocupar.

Já o processo de produção, como corte e impressão, para deixa-la pronta para ser afixada sobre os produtos devem ser feitos por uma empresa especializada na produção de etiqueta para código de barras.

Quais as funções da Etiqueta com Código de Barras?

Várias utilidades

A etiqueta que possui um código de barras é uma etiqueta que se torna uma ótima ferramenta na qual tem diversas funções em um negócio. Ela pode aperfeiçoar o gerenciamento e o controle de estoque.

A etiqueta com código de barras, é principalmente empregada para rastrear ativos e o estoque nas empresas e em toda a sua cadeia de suprimentos.

etiqueta barcode

Código de Barras EAN

Primeiro temos que entender o que EAN significa European Article Number. Traduzindo para o português significa Número de Artigo Europeu. Este código, como os demais códigos de barras, é formado por uma série de barras verticais escaneáveis que geram uma sequência numérica.

Muito usado para a identificação dos produtos nos pontos de venda, o código de barras EAN serve para o controle das vendas. Ele tem a função de ajudar a armazenar as informações do produto de forma única e exclusiva, fato este que permite gerenciar cada unidade ou lote.

Este código deve ser desenvolvido por empresa especializada na criação do mesmo. Nós da Labelgrafi não fazemos este serviço e sim só a impressão das etiquetas. O cliente tem que fornecer o código que já foi criado para que possamos fazer as etiquetas impressas.

Como ter seu código EAN

A Associação Brasileira de Automação, conhecida como GS1 Brasil, é responsável por atribuir a licença de criar códigos de barras para produtos em todo o Brasil.

Então, para registrar seus produtos, é preciso filiar a sua empresa e ativa-la junto à GS1. Dependendo do tamanho do seu negócio, será necessário enviar à eles documentos específicos. Os custos, tanto de inscrição quanto de anuidade, também variam dependendo do faturamento anual de cada empresa — a partir de R$ 707 para inscrições e R$ 376 para anuidades.

Após você pagar a taxa inicial, receberá o Cadastro Nacional de Produtos (CNP), no qual deverá informar todos os dados necessários sobre os produtos da sua empresa para gerar o código de barras. São informações referentes a descrição, fotos, cores e medidas de cada mercadoria.

foto de uma etiqueta com Código de barras EAN

Conhecendo o código EAN

código EAN é um dos mais utilizados no mundo. Composto por 13 dígitos, esse código universal foi desenvolvido para ser usado em praticamente todos os pontos de venda e está presente na grande maioria dos produtos comercializados pelo varejo.

As principais informações que um código EAN contém são:

  • País de origem: representado pelos três primeiros dígitos do código de barras (por exemplo, 789 é o código que determina os produtos originados no Brasil)

  • Fabricante: os seis dígitos que vêm depois dos de país de origem

  • Identificação do produto: os três próximos dígitos representam as características de cada item

  • Dígito verificador: por fim, o último dígito da sequência representa a veracidade do código EAN.

Quais os tipos de Código de Barras?

Códigos de barras 1D e 2D

Existem os dois principais tipos de código de barras:

  • Códigos de barras 1D — códigos de barras 1D ou códigos de barras unidimensionais são códigos de barras lineares. Eles consistem em linhas verticais de larguras variadas com lacunas específicas resultando em um padrão específico.

  • Códigos de barras 2D — códigos de barras 2D, ou códigos de barras bidimensionais, são mais complexos. Eles codificam dados geralmente em padrões quadrados ou retangulares de duas dimensões.

Em geral, os códigos de barras 2D podem representar mais dados por unidade do que os códigos de barras 1D. Na maioria das vezes, eles suportam um conjunto de caracteres maior do que códigos de barras 1D. Além disso, os códigos de barras 2D são tipos de código de barras relativamente novos e precisam de suporte de dispositivos de varredura mais complexos.

Escolhendo os tipos de código de barras certos

Um fator principal para escolher um código de barras é baseado no tipo de informação que você precisa codificar nele. Isso também é conhecido como o conjunto de caracteres de código de barras. Com uma ideia clara sobre que tipo de informação você vai codificar, a seleção de código de barras será muito mais fácil.

Quais informações um código de barras pode incluir?

Geralmente existem quatro tipos diferentes de conjuntos de caracteres:

  • Numérico — inclui apenas números (0-9)

  • Alfa-numérico — inclui números e caracteres alfabéticos (0-9 e A-Z)

  • ASCII completo — inclui qualquer caractere ASCII (valor 0-127)

Em resumo, os códigos de barras 1D geralmente codificam uma sequência de numéricos, como número do produto, data de produção, tipo, tamanho e assim por diante. Se você quiser adicionar informações de texto nos códigos de barras 1D, o Código 39, o Código 93 e o Código 128 ajudam muito. O código QR e outros códigos de barras 2D armazenam grandes quantidades de dados, o que permite um uso mais flexível. Outra vantagem dos códigos de barras 2D é que eles podem codificar imagens, que podem ser lidas pela câmera do smartphone.

É importante notar se suas informações contêm apenas caracteres numéricos, você ainda pode escolher códigos de barras que suportam conjuntos de caracteres alfa-numéricos ou ASCII. Você pode precisar de mais espaço físico para armazenar os dados, mas terá mais flexibilidade. Você poderá acomodar mais tipos de informações no futuro sem alterar o tipo de código de barras usado.

Simbologias do código de barras

UPC-A

O que é?

O código de barras UPC-A foi criado pela IBM em 1971. Hoje em dia é encontrado em praticamente todas as embalagens de bens de consumo. Isso inclui nas prateleiras do seu supermercado local, bem como livros, revistas e jornais.

O UPC-A codifica 11 dígitos de dados de informações do produto, juntamente com um dígito de verificação, para um total de 12 dígitos de dados de código de barras. Os 11 dígitos do produto são ainda divididos em três categorias lógicas.

  • O primeiro dígito representa as informações sobre o tipo do produto.

  • Os próximos cinco dígitos contêm informações sobre o fabricante do produto.

  • Os últimos cinco dígitos contêm informações sobre o produto em particular sendo codificado.

Um exemplo de um código de barras UPC-A típico é:

Onde é usado?

O código de barras UPC-A é amplamente utilizado em todo o mundo para a digitalização de itens comerciais no ponto de venda.

Indústria

  • Varejo

  • Armazenamento

UPC-E

O que é?

O UPC-E é uma variação do UPC-A que permite um código de barras mais compacto, comprimindo zeros desnecessários. Isso ajuda a resultar no código de barras UPC-E ser apenas cerca da metade do tamanho de um código de barras UPC-A. Assim, o UPC-E geralmente pode ser usado em um espaço muito pequeno onde um código de barras UPC-A completo não poderia caber razoavelmente.

 

Código de barras UPC-A original:                                               Código de barras UPC-E equivalente:

 

Como códigos de barras UPC, UPC-A e UPC-E contêm apenas numerais. Assim, eles devem ser usados em produtos de lojas simples e de varejo que geralmente não requerem codificação de informações complexas.

Onde é usado?

O código de barras UPC-E é usado no varejo e armazenagem, especialmente nos EUA e Canadá.

Indústria

  • Varejo

  • Armazenamento

EAN 8

O que é?

Um código de barras EAN-8 é derivado do código mais longo do artigo europeu (EAN-13). O principal objetivo do código de barras EAN-8 é usar o mínimo de espaço possível.

Um código de barras EAN-8 inclui um código de país de dois ou três dígitos, quatro de cinco dígitos de dados (de acordo com o comprimento do código do país) e um dígito de verificação. Os dígitos de dados em um símbolo EAN-8 identificam um produto e fabricante específicos.

 

O EAN-8 é codificado usando os três conjuntos de caracteres EAN-13 e também tem um dígito de verificação que é calculado da mesma forma que o EAN-13. Há um número limitado de códigos de barras EAN-8 disponíveis em cada país. Assim, são emitidos apenas para produtos com espaço insuficiente para um símbolo EAN-13.

Onde é usado?

Você encontrará códigos de barras EAN-8 em produtos onde apenas o espaço limitado está disponível, como pequenos doces, cigarros, lápis e pacotes de chicletes.

As empresas também podem usar códigos de barras EAN-8 para codificar RCN-8s (Números de Circulação Restrita de 8 dígitos) usados para identificar produtos de marca própria vendidos apenas em suas lojas.

Indústria

  • Varejo

EAN 13

O que é?

A Associação Internacional de Numeração de Artigos (EAN) na Europa projetou o tipo de código de barras EAN-13. A maioria dos países europeus está usando esse tipo de código de barras.

EAN-13 é um padrão de codificação de barras de 13 dígitos (12 dados e uma verificação), que é um superconjunto do sistema UPC (Universal Product Code, código universal de produto universal) de 12 dígitos. Portanto, qualquer software ou hardware capaz de ler um símbolo EAN-13 deve ser automaticamente capaz de ler um símbolo UPC-A.

Os 13 dígitos do código de barras EAN-13 são agrupados da seguinte forma:

  • 2 ou 3 dígitos para sistema numé interno ou código de país

  • 5 ou 4 dígitos para código ou prefixo do fabricante (empresa)

  • 5 dígitos para código do produto

  • 1 dígito para cheques

Um código de barras típico EAN-13 se parece com isso:

 

 

 

 

 

 

Desde 2005, todos os sistemas de digitalização de varejo nos EUA aceitaram o símbolo EAN-13, bem como o UPC-A padrão. Assim, recomenda-se que todos os novos projetos implementem o EAN-13 em vez de UPC-A. Isso tornará seu software/hardware atraente para a comunidade internacional. Também elimina a necessidade de fabricantes que exportam mercadorias para os EUA e Canadá para dobrar a rotulagem de seus produtos.

Onde é usado?

O código de barras EAN-13 é usado em todo o mundo para marcar produtos frequentemente vendidos em lojas de varejo e ponto de vendas.

  • Indústria

  • Varejo

Industrial 2 de 5

O que é?

Industrial 2 de 5 é um símbolo numérico de baixa densidade que está conosco desde a década de 1960. O código de barras é chamado de "2 de 5" devido ao fato de que os dígitos são codificados com cinco barras, duas das quais são sempre largas (e as outras três são estreitas).

Industrial 2 de 5 é um símbolo muito simples em que todas as informações são codificadas na largura das barras. Os espaços no código de barras existem apenas para separar as próprias barras.

Um típico código de barras Industrial 2 de 5 se parece com este:

 

Onde é usado?

O Industrial 2 de 5 tem sido usado em aplicações de classificação de fotofinição, transporte e armazém, bem como para numeração sequencial de passagens aéreas.

Indústria

  • Transporte

  • Armazenamento

Intercalado 2 de 5

O que é?

Intercalado 2 de 5 é um símbolo numérico de maior densidade baseado no símbolo Industrial 2 de 5. É uma implementação mais eficiente da Industrial 2 de 5. Intercalado 2 de 5 permite que as informações sejam codificadas tanto nos bares quanto nos espaços, enquanto a Industrial 2 de 5 codifica apenas informações na largura das barras.

Cada caractere de dados consiste em cinco elementos, cinco barras ou cinco espaços. Destes cinco elementos, dois são largos e três são estreitos. O símbolo é chamado de "intercalado" porque os primeiros dados numéricos são codificados nas cinco primeiras barras, enquanto os segundos dados numéricos são codificados nos cinco primeiros espaços que separam as cinco primeiras barras. Assim, as primeiras cinco barras e espaços realmente codificam dois caracteres. Esse recurso permite que o Interleaved 2 de 5 atinja uma densidade relativamente maior, mas os usuários devem sempre codificar um número uniforme de valores numéricos.

Um típico código de barras Intercalado 2 de 5 aparece assim:

 

Observe que é fisicamente menor que o código Industrial 2 de 5.

 

Onde é usado?

Intercalado 2 de 5 é usado principalmente em aplicações como embalagem de rótulos, distribuição e armazenagem. Uma vez que o código de barras pode lidar com altas tolerâncias de impressão, é bom para impressão em papelão ondulado.

Indústria

  • Empacotamento

  • Logística

Codabar

O que é?

Codabar foi desenvolvido em 1972 pela Pitney Bowes, Inc. Ele e suas variantes também são referidos como Codeabar, Ames Code, NW-7, Monarch, Code 2 of 7, Rationalized Codabar, ANSI/AIM BC3-1995 ou USD-4.

Codabar é um símbolo discreto de auto-verificação que codifica até 16 caracteres diferentes com quatro caracteres adicionais de início/parada. Codabar pode codificar os dígitos zero a nove, seis símbolos (-:.$/+), e os caracteres start/stop A, B, C, D, E, *, N ou T. Os caracteres start/stop devem ser usados em pares correspondentes e podem não aparecer em outro lugar no código de barras. Como Codabar está se auto-verificando, não há um dígito de cheque estabelecido.

Um código de barras típico de Codabar se parece com este:

 

Embora as simbologias mais novas mantenham mais informações de dados em um espaço menor, a Codabar tem uma grande base instalada em bibliotecas.

Onde é usado?

Os códigos de barras codabar são usados por profissionais de logística e saúde, incluindo bancos de sangue dos EUA, airbills FedEx, laboratórios fotográficos, bibliotecas, etc.

Indústria

  • Logística

  • Saúde

  • Educação

Código 11

O que é?

O código 11, também conhecido como USD-8, é um símbolo discreto de alta densidade produzido pela Intermec em 1977.

 

A simbologia é apenas numérica e é capaz de codificar os números de zero a nove, o símbolo do painel (-) e caracteres de início/parada. Um ou dois dígitos de verificação modulo-11 podem ser incluídos. Um código de barras típico do Código 11 aparece como tal:

Cada dígito é composto por três barras e dois espaços.

A largura de um dígito não será fixada. Desses cinco elementos,

poderia haver dois largos e três estreitos, ou um largo e quatro estreitos.

O código 11 não é imune à impressão de imperfeições porque eles podem

facilmente converter um caractere em outro caractere válido. Assim, um,

ou às vezes dois, verificar dígitos (chamados C e K) são usados para

melhorar a integridade dos dados; muitas vezes, se o comprimento dos

dados for de 10 caracteres ou menos, apenas o primeiro dígito de verificação

(C) será usado.

Onde é usado?

É usado principalmente na rotulagem de equipamentos de telecomunicações.

Indústria

  • Telecomunicações

Código 39

O que é?

Como o primeiro símbolo alfa-numérico desenvolvido no ano de 1974 pela Intermec, o Código 39 é uma simbologia de código de barras de comprimento variável e discreta. Além disso, é frequentemente conhecido como Alpha39, Código 3 de 9, Código 3/9, Tipo 39, Código USS 39, ou USD-3.

O nome do código 39 vem do fato de que ele só poderia codificar 39 caracteres no total. No entanto, em sua versão mais recente, o conjunto de personagens foi aumentado para 43. Eles consistem em letras maiúsculas (A a Z), dígitos numéricos (zero a nove) e uma série de caracteres especiais (-, ., $, /, +, %, e espaço). Um caractere adicional (denotado '*') é usado tanto para delimitares de partida quanto para paradas. Um código de barras típico do Código 39 aparece como tal:

 

O código de barras em si não inclui um dígito de verificação. Mas é considerado auto-verificação em que um único defeito de impressão não pode transpor um caractere para outro caractere válido.

O código 39 é de uso geral e um dos tipos de código de barras mais utilizados. Pode ser codificado e decodificado por quase todos os equipamentos de codificação/decodificação de códigos de barras.

Há algumas desvantagens com o Código 39. Tem uma baixa densidade de dados. Também não é tão compacto quanto, por exemplo, os códigos de barras código 93 ou código 128. Isso o torna inadequado para bens ou itens muito pequenos que requerem grandes quantidades de informações a serem codificadas.

Onde é usado?

Nascido em 1974, o Código 39 ainda é amplamente utilizado, especialmente em ambientes não varejistas. É supostamente o código de barras padrão usado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos e também é usado pelo Health Industry Bar Code Council (HIBCC).

Indústria

  • Governo

  • Fabricação

  • Logística

  • Postal

  • Médico

  • Automotivo

  • Defesa

Código 93

O que é?

O código 93 foi feito em 1982 pela Intermec para complementar e melhorar o Código 39.

O código 93 é semelhante ao Código 39, pois pode representar um caractere alfa-numérico definido usando combinações de dois caracteres. Difere em que o Código 93 é um símbolo contínuo e produz códigos mais densos. Ele codifica 47 caracteres em comparação com os 43 caracteres do Código 39. Sua alta densidade

e tamanho compacto tornam seus rótulos cerca de 25% mais curtos

do que os códigos de barras produzidos no Código 39.

Cada personagem do Código 93 tem nove módulos de largura,

e sempre tem três barras e três espaços.

Um código de barras comum do Código 93 se parece com este:

 

O Modo Padrão (implementação padrão) do Código 93 pode codificar letras maiúsculas (A a Z), dígitos (zero a nove) e caracteres especiais como os caracteres *, -, $, %, %, (espaço), ., /e + . O modo ASCII completo ou a versão estendida podem codificar todos os 128 caracteres ASCII. O código 93 permite segurança adicional dentro do próprio código de barras.

Where is it used?

Os códigos de barras código 93 são amplamente utilizados na logística para identificar pacotes, em inventário de varejo, rotular componentes eletrônicos e, supostamente, fornecer informações adicionais de entrega para o Canadian Post.

Indústria

  • Postal

  • Varejo

  • Fabricação

  • Logística

Código 128

O que é?

Computer Identics, em 1981, projetou o Código 128, que é outro código de barras linear popular na indústria e lojas.

O conjunto de caracteres Code 128 inclui os dígitos de zero a nove, as letras A-Z (maiúsculas e minúsculas) e todos os símbolos ascii padrão e códigos de controle. Os códigos são separados em três subconjuntos A, B e C. Existem três códigos de partida separados para indicar qual subconjunto será usado. Além disso, cada subconjunto inclui caracteres de controle para mudar para outro subconjunto no meio de um código de barras. O subconjunto A inclui os símbolos ASCII padrão, dígitos, letras maiúsculas e códigos de controle. O subconjunto B inclui símbolos ASCII padrão, dígitos, letras maiúsculas e minúsculas. Subconjunto C comprime dois dígitos numéricos (o conjunto de pares de 100 dígitos de 00 a 99) em cada caractere, proporcionando excelente densidade.

Um exemplo de código de barras de codificação alfanumérica em um único código de barras código 128 é:

 

 

 

 

 

 

 

 

O código 128 é geralmente selecionado pelo Código 39 em novas aplicações devido à sua excelente densidade e uma seleção muito maior de caracteres. Foi amplamente implementado em muitos aplicativos onde uma quantidade relativamente grande de dados tem que ser codificada em um espaço muito pequeno.

Onde é usado?

Código 128 códigos de barras são códigos compactos e de alta densidade usados em indústrias de logística e transporte para encomendas e distribuição. Eles são voltados para produtos não-POS, como aplicações da cadeia de suprimentos que precisam de unidades de etiqueta com códigos de contêiner de transporte serial (SSCC).

Indústria

  • Transporte

  • Transporte

  • Rastreio

DataBar

O que é?

DataBar é uma família de simbologias lineares usadas dentro dos

códigos de barras do sistema GS1.

Existem três tipos de símbolos GS1 DataBar e sete variações databar.

Onde é usado?

Os códigos de barras DataBar são tipicamente encontrados

em supermercados em rótulos de produtos frescos.

Indústria

  • Varejo

Código MSI

O que é?

O CÓDIGO MSI é uma variante do Código Plessey, também conhecido como Plessey Modificado. A MSI Data Corporation desenvolveu o Código MSI para melhorar a precisão de decodificação do Código Plessey, que é um dos códigos de barras mais propensos a erros.

Um Código MSI contém apenas dígitos de 0 a 9.

Existem quatro algoritmos de cálculo de dígitos de verificação

possíveis para detecção de erros:

  • Modulo 10 

  • Modulo 11

  • Modulo 1010 

  • Modulo 1110

Por padrão, um dígito de verificação Modulo 10 é verificado.

Onde é usado?

Os Códigos MSI são usados no gerenciamento de estoque para marcar prateleiras e contêineres para identificar locais de armazenamento.

Indústria

  • Inventário

  • Armazenamento

Código QR

O que é?

O código QR é um tipo de código de barras de matriz que pode codificar uma grande variedade de tipos de dados, incluindo numéricos, alfabetos, caracteres especiais e dados binários também. Estes são os que você vê hoje em dia com uma série de células pretas e brancas em vez das linhas ou barras pretas mais familiares. Eles realmente aumentaram em popularidade com dispositivos móveis. Foi inicialmente desenvolvido pela Subsidiária da Toyota, Denso, em setembro de 1994. Atualmente é definido pela Organização Internacional para a Padronização (ISO)/Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC) 18004.

O código QR foi projetado para permitir a digitalização de componentes de alta velocidade. Um leitor de código de barras ccd (CCD) acoplado por carga pode decodificar até 30 códigos QR por segundo com até 100 caracteres em cada código de barras.

O QR code tem recursos completos (360 graus) de leitura. Cada código QR tem três padrões de localização localizados em três cantos do código QR. Um dispositivo de leitura CCD pode detectar e decodificar a posição do código de barras, o tamanho do código de barras e o tamanho do ângulo de inclinação.

Este tipo de código de barras tem uma alta densidade de dados. Ele pode codificar 1.817 caracteres chineses, 7.089 números ou 4.296 letras em inglês. Tem quatro níveis de correção de erro. Mesmo que um código QR esteja danificado ou quebrado, muitas vezes ele ainda pode ser lido corretamente.

Um código QR comum aparece como tal:

 

Onde é usado?

Hoje, os códigos QR tornaram-se comuns em áreas como publicidade do consumidor, pagamentos de código, logins de sites, criptografia de dados e muito mais.

Indústria

  • Varejo

  • Entretenimento

  • Publicidade

PDF417

O que é?

O código de barras PDF417 é um tipo de código de barras linear empilhado. A Symbol Technologies foi dita ter desenvolvido esse tipo de código de barras em 1991. Hoje, é representado pela norma ISO 15438.

Cada código de barras PDF417 consiste em três a 90 linhas, e uma única linha é

essencialmente o equivalente a um pequeno código de barras 1D. PDF417

especifica que cada padrão no código consiste em quatro barras e espaços,

e cada padrão deve ter 17 unidades de comprimento.

É assim que conseguimos a parte "417" do nome.

Um código de barras PDF417 comum se parece com este:

 

Onde é usado?

O tipo de código de barras PDF417 é usado principalmente em transporte, cartões de identificação e gerenciamento de inventário. A maioria dos estados na América usa PDF417 para codificar as informações-chave dos motoristas na parte de trás das carteiras de motorista.

Indústria

  • Transporte

  • Logística

  • Armazenamento

  • Governo

Data Matrix

O que é?

O código de barras data Matrix também é um código de barras de matriz bidimensional. Surgiu pela primeira vez em 1994, e hoje, é representada pela norma ISO/IEC 16022. O código de barras Data Matrix suporta algoritmos avançados de verificação e correção de erros de codificação. Isso permite o reconhecimento de códigos de barras que estão até 60% danificados. Assim, é comumente usado em itens onde os códigos de barras ficam facilmente danificados devido ao alto calor, exposição química, etc. Como resultado, os códigos de barras Data Matrix são usados em placas de classificação elétrica, instrumentos cirúrgicos, placas de circuito e afins.

Os códigos de barras Data Matrix são adaptáveis em tamanho.

O tamanho do símbolo pode ser tão pequeno quanto 2,5 mm,

que é o menor entre todos os códigos de barras 2D. Enquanto isso,

o tamanho e a capacidade de dados codificados são independentes.

Isso permite a escolha de um monte de diferentes

tamanhos de matriz.

Um código de barras comum da Data Matrix pode aparecer assim:

 

Onde é usado?

A aplicação mais popular para Data Matrix é rotular pequenos itens, como pequenos componentes eletrônicos e frascos de pílula.

Indústria

  • Eletrônica

  • Varejo

  • Governo

  • Marketing

  • Postar

  • Eletrônica

  • Médico

Código composto GS1

O que é?

A simbologia composta do GS1 integra um símbolo linear do sistema GS1 e um componente composto 2D como uma única simbologia. O componente composto 2D é impresso acima do componente linear. Os dois componentes são separados por um padrão separador.

Para obter mais informações sobre todas as diferentes variações, visite nossa introdução do GS1 Composite.

Um código composto GS1 comum pode aparecer assim:

Onde é usado?

Códigos de barras GS1 Compostos são tipicamente encontrados em supermercados em rótulos de produtos frescos.

Indústria

  • Varejo

MaxiCode

O que é?
MaxiCode é um código bidimensional desenvolvido pela United Parcel Service.

É adequado para rastrear e gerenciar carregamentos de pacotes.

Ele usa pontos dispostos em uma grade

hexagonal com círculos concêntricos no centro. Os símbolos MaxiCode

incluem uma série de mensagens codificadas, tais como:

  • Número do pedido de compra

  • Referência do cliente

  • Número da fatura

  • Número de rastreamento

  • Indicador da transportadora originária

Um MaxiCode comum pode aparecer assim:

 

Onde é usado?

MaxiCode é usado principalmente em etiquetas de envio para endereçamento e classificação de pacotes nacionais e internacionais dos EUA.

Indústria

  • Postal

Código asteca

O que é?

Os códigos astecas usam menos espaço do que outros códigos de barras

matriciais devido à sua falta de uma zona tranquila, e, portanto,

é ideal em cenários onde o espaço é limitado.

Os códigos astecas são publicados como padrão ISO/IEC 24778:2008.

Onde é usado?

  • Os códigos astecas são um tipo de código de barras 2D usado na

  • bilhetagem de transporte, ou seja, ferrovias e cartões de embarque de aviões).

Indústria

  • Transporte

  • Governo

  • Comercial

UPC-A.jpg
UPC-E 2.jpg
UPC-E.jpg
EAN 8.jpg
EAN-13.jpg
Industrial 2 de 5.jpg
Intercalado 2 de 5.jpg
Codabar.jpg
Código 11.jpg
Código 39.jpg
Código 93.jpg
Código de Barras 128.jpg
Databar.jpg
Código MSI.jpg
Labelgrafi QR Code.jpg
Código pdf417.jpg
Código Data Matrix.jpg
Barcode GS1.jpg
Maxicode.jpg
Código Asteca.jpg

Os melhores código de barras para etiquetas

Código 1D e 2D?

O código de barras é um código do tipo 1D que , como já mencionamos anteriormente, contém alguma informação numérica ou alfanumérica. O código de barras 2D mais conhecido atualmente é o QR code. Mais informações na página das etiquetas QR.

Para controle padrão simples de determinados produtos ou serviços utiliza-se normalmente a numeração sequencial.

Esta numeração pode ter quantos dígitos precisar, ficando atento para que o código gerado caiba na etiqueta escolhida.

Os códigos de barras utilizados são:

  • Código de barras 128

  • Código de barras 39

Se precisar de outro código favor consultar a disponibilidade pis temos mais de 40 códigos para a escolha do cliente.

Tamanhos de etiquetas código de barras

Os 7 mais utilizados

No mercado em geral, as etiquetas código de barras são muito utilizadas, pois estão praticamente em todos os produtos. Os tamanhos das etiquetas devem respeitar a quantidade de dígitos que são necessários. Não se pode fazer um código com 10 dígitos em uma etiqueta pequena de 20x10 mm pois o leitor não vai conseguir ler devido ao tamanho minusculo que ficará o código. Então segue a lista com tamanho e a sugestão de quantidade máxima de números que pode variar um pouco dependendo do tipo de impressão:

  1. 20x10 mm - 4 dígitos

  2. 25x10mm - 6 dígitos

  3. 30x10mm - 8 dígitos

  4. 30x15mm - 8 dígitos

  5. 40x10mm - 10 dígitos

  6. 40x15mm - 10 dígitos

  7. 50x20mm - 15 dígitos

adesivos com código de barras

Quais os melhores materiais para impressão?

Poliéster, Bopp ou Papel Couché

Os materiais para a impressão de código de barras mais resistentes são as de poliéster e Bopp. Temos disponíveis as opções de prata cromo fosco ou branco perolado.

São resistentes a calor intenso, congelamento e rasgos. Podem ser impressas em preto porém o poliéster prata cromo fosco pode ser impressa colorida sem limite de cores.

A opção de menor custo são as produzidas em papel couché porém tem menor resistência que as demais.

Outra opção é quando também precisa de segurança e, neste caso, pode ser de lacre void ou lacre casca de ovo.

Lacres com código de barras

As etiquetas com código de barras, assim como as etiquetas QR e as patrimoniais, podem ser produzidas com material com sistema de lacre.

Uma ótima opção, para quem também precisa de sistema de segurança contra a violação dos seus produtos.

Temos várias opções disponíveis de lacres,que podem ser escolhidas nas páginas lacre void, lacre destrutível e lacre casca de ovo.

lacre destruído com código de barras

Tamanho: código x etiqueta

Dimensão da etiqueta

Quando já tem em mente qual é o código de barras que vai querem na sua etiqueta então o próximo passo e saber quantos dígitos o mesmo vai ter. Isso é muito importante na hora da escolha do tamanho ideal da sua etiqueta pois tem que avaliar se vai encaixar perfeitamente o código.

Tamanho mínimo do código

O menor tamanho possível de um código é proporcional a quantos dígitos o mesmo vai ter. Se quer um que tenha 4 dígitos como por exemplo 0001 o mesmo pode ser de aproximadamente 20 mm agora se precisa de 10 dígitos como 0000000001 neste caso somente um tamanho maior como 35 mm, ambos a medida da largura.

Etiqueta legível

Tendo em vista a quantidade de dígitos necessários, agora é possível saber as opções de tamanhos de etiquetas que vão suportar o código de barras. Seguindo o exemplo acima, se quer um número sequencial que tenha 4 dígitos, pode ser de tamanho à partir de 20 mm para que o mesmo fique mais legível possível.

Margem de silencio

Outro detalhe que tem que ser observado na hora da escolha da etiqueta é as margem lateral, conhecida como margem de silencio.

É recomendado que se tenha um espaço da borda até o código de no mínimo 1 mm, para que não corra o risco de não ser possível fazer a leitura corretamente. Se ficar perto da borda da etiqueta, qualquer coisa que você aproxime do código parecido com linhas pode ser confundido pelo leitor ótico e assim fazer uma leitura errada.

modelo de código de barras

Escolhendo a etiqueta código de barras 

Qual código de barras

Se quer fazer um controle interno dos seus produtos, de forma mais simples através de um software ou planilha o código mais usado para isso é o código de barras 128 code.

O Código 128 não só é só versátil, mas também bem compacto, conseguindo armazenar uma quantidade de dados muito maior do que outro código de barras normal na mesma quantidade de espaço.
 

Caso precise de um código de barras para registrar seu produto, neste caso tem que entrar em contato com a empresa GS1 Brasil e seguir com os procedimentos necessários.

Seu produto vai ter um EAN 13 que é um código de barras oficial, como ele seus produtos são reconhecidos no Brasil e no mundo.

Depois de registar e saber qual o seu código EAN, poderá solicitar a Labelgrafi a impressão dos mesmos.

 

Escolha a etiqueta

Tendo em mãos as dimensões do código de barras, sabendo da margem do silencio assim já pode saber o tamanho mínimo que sua etiqueta pode ter. Outro fator em relação ao tamanho é a largura. Se precisar por outras informações como nome da empresa ou produto, terá que ser mais larga a etiqueta escolhida.

A próxima escolha é o tipo de material da etiqueta com o código de barras. Como informado em um tópico anterior, a qualidade do material vai influenciar no custo final lembrando que, quanto mais baixo o valor a etiqueta a mesma é menos resistente.

Etiqueta pronta para impressão

Depois de devidamente escolhida a etiqueta, é hora de solicitar a impressão. Nos códigos de barras tem que ter atenção redobrada pois, se forem produzidas em equipamentos que imprimem com baixa resolução, a leitura dos mesmos será prejudicada.

Nós da Labelgrafi, produzimos etiquetas com qualidade superior, e assim entregamos etiquetas e lacres de garantia com impressão de resolução máxima possível para que fiquem bem legíveis. As etiquetas produzidas por nós, são testadas antes de serem enviados aos nossos clientes. Com todos estes cuidados damos a certeza de que você receberá um produto de qualidade e totalmente funcional.  

Etiquetas com Código de Barras para produtos

Etiqueta do seu produto

Temos etiquetas de Bopp para a produção das suas etiquetas com o código EAN do seu produto. São confeccionadas de Bopp perolado e com impressão em preto. Com impressão muito legível e de fácil leitura sem problemas com falhas.

Etiqueta código de produtos 50x20 pp.jpg

Etiquetas resistentes a calor, congelamento e água pois desenvolvidas em Bopp. Impressão nítida e com boa fixação. Caso precise podemos produzir etiquetas com código EAN em pequenos lotes de cada produto. Mais detalhes consulte via nossos canais oficiais de contato.

O conteúdo desta página é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral  – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.

WhatsApp_Logo.jpg